Entenda as principais características da NR 20 sobre Segurança e Saúde no Trabalho com Inflamáveis e Combustíveis

A NR 20 estabelece requisitos mínimos para a gestão da segurança e saúde no trabalho contra os fatores de risco de acidentes provenientes das atividades e extração, produção, armazenamento, transferência, manuseio e manipulação de inflamáveis e líquidos combustíveis.
Os líquidos inflamáveis possuem uma classificação a qual se enquadra como Classe III e todo aquele que possua ponto de fulgor igual ou superiro a 70°C e inferior a 93,3°C. Já para os produtos considerados perigosos a classificação é dada com base no tipo de risco que apresentam e conforme as recomendações para o Transporte de Produtos Perigosos e são divididas com as seguintes classes:

• Classe 1: Explosivos.
• Classe 2: Gases que são subdivididos assim:

1. Gases Inflamáveis;
2. Gases não inflamáveis;
3. Gases tóxicos.

• Classe 3: Líquidos Inflamáveis.
• Classe 4: Está subdividida em:

1. Sólidos Inflamáveis;
2. Substâncias sujeitas à combustão espontânea;
3. Substâncias que, em contato com a água, emitem gases inflamáveis.

• Classe 5: Está subdividida em:

1. Substâncias Oxidantes;
2. Peróxidos Orgânicos.

• Classe 6: Subdivide-se em:

1. Substâncias Tóxicas (venenosas);
2. Substâncias Infectantes.

• Classe 7: Materiais Radioativos.
• Classe 8: Corrosivos.
• Classe 9: Substâncias Perigosas Diversas.

Caso haja combustíveis que geram gases, é necessário que todo tanque de superfície possua dispositivo que libere pressões internas excessivas que é causada pela exposição à fonte de calor, funcionando como uma válvula de escape.
É necessário estarmos atentos ao efetuar o transvasamento de líquidos inflamáveis de um tanque para o outro, ou para um carro-tanque, obrigatoriamente os dois deverão estar aterrados ou ligados ao mesmo potencial elétrico.
Sobre o plano de inspeção e manutenção deve abranger, no mínimo:

• Equipamentos, máquinas, tubulações e acessórios, instrumentos;
• Tipos de intervenção;
• Procedimentos de inspeção e manutenção;
• Cronograma anual;
• Identificação dos responsáveis;
• Especialidade e capacitação do pessoal de inspeção e manutenção;
• Procedimentos específicos de segurança e saúde;
• Sistemas e equipamentos de proteção coletiva e individual.

Todos os compartimentos e armários que são usados para armazenamento devem seguir os padrões da norma e conter principalmente as sinalizações de segurança em lugar visível como: inflamável, não fume, em todas as vias de acesso ao local de armazenagem.
No manuseio dos líquidos inflamáveis todo e qualquer equipamento elétrico deverá ser especial, à prova de explosão, conforme recomendações da NR 10.
O Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) é um dos mais comuns, principalmente a nível doméstico, as válvulas e acessórios contidos em suas instalações devem ser de material e construção apropriados e não poderá ser de ferro fundido.
Os recipientes de armazenagem de GLP deverão ser equipados com válvulas de segurança e conter fechamento rápido próximo ao recipiente.
Entendendo mais sobre a Normativa Regulamentar 20 podemos analisar como a empresa e o empregado está em relação a Segurança e Saúde no Trabalho com Inflamáveis e Combustíveis, fazendo assim, com que se tomem as devidas precauções para que não haja problemas posteriores.